Noticias Bahia

TV Pelourinho e Olodum apresentam o espetáculo Dois do sete, no auditório da SEC

Foto: Amanda Chung

Como parte das ações pedagógicas na rede estadual de ensino em comemoração ao Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia, a Secretaria da Educação do Estado promoveu, na segunda-feira (16), no auditório do órgão, a apresentação da performance urbana músico-teatral “Dois do sete”. A montagem, uma realização da TV Pelourinho, em parceria com o Grupo Olodum espetáculo, traz, na narrativa, uma reflexão sobre os fatos e acontecimentos que antecederam e sucederam a proclamação e conquista da Independência do Brasil na Bahia.

A secretária da Educação do Estado, Adélia Pinheiro, destacou para os presentes que a montagem, voltada ao protagonismo dos povos racializados, negros e indígenas, cumprirá uma programação de apresentações na rede estadual de ensino: “eu tive a honra de ver este espetáculo quando ainda estava sendo ensaiado e montado, no Pelourinho, e confesso que foi uma experiência emocionalmente mobilizadora e tenho a certeza de que acontecerá o mesmo com vocês. Esta atividade, hoje, na SEC, anuncia e compartilha a boa notícia para a Educação da apresentação de outras sessões em nossas escolas, mobilizando compromissos no sentido do percurso civilizatório através das artes”.

Foto: Amanda Chung

A apresentação de “Dois do sete” na rede pública de ensino tem como propósito despertar em toda a comunidade escolar o reconhecimento, o pertencimento e a representatividade possibilitados pela reconstrução histórica da narrativa inerente ao 2 de Julho. A execução da ação pedagógica ocorrerá em Núcleos Territoriais de Educação (NTE), seguindo um cronograma de apresentação, sob critérios logísticos e de representação sociocultural. Por meio da montagem, a TV Pelourinho pretende abrir o debate sobre a Independência da Bahia, a partir da perspectiva dos estudantes sobre o tema.

Sobre o espetáculo

Com o tema “A odisseia de Iaiá e Ioiô, soldados do Exército Esfarrapado, na conquista da independência e consagração da gênese baiana”, a trama acompanha a jornada do escravizado Ioiô e de sua companheira alforriada Iaiá. No percurso do sertão à Pirajá, os dois encontram os heróis e heroínas da Guerra da Independência na Bahia e recebem inspiradoras dádivas: Joana Angélica, Maria Quitéria e Maria Felipa. Ao final do trajeto, celebrando a vitória do povo sobre a tirania de Portugal, Iaiá dá à luz a seu rebento, abençoado por Nosso Senhor do Bonfim, que anuncia o nascimento do espírito baiano e a alma brasileira, trazendo em si a valentia, a resiliência, o axé e a fé.

Foto: Amanda Chung

Estiveram presentes na apresentação da SEC o diretor executivo da TV Pelourinho, André Luiz Actis; o diretor artístico e o diretor de produção da montagem, respectivamente, Luiz Salem e Lyu Árison.

Fonte: Ascom/SEC


Source link

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo