Noticias Bahia

Serviço especializado oferece atendimento para grupos vulnerabilizados durante o Carnaval da Bahia.

Vítimas de crimes de racismo, intolerância religiosa, LGBTfobia, pessoas com deficiência e crianças contam com um serviço de atendimento especializado visando o acolhimento e registro das ocorrências no Carnaval da Bahia. Até a próxima quarta-feira (14), as vítimas podem se dirigir aos postos do Serviço Especializado de Respeito a Grupos Vulnerabilizados e Vítimas de Intolerância e Racismo (SERVVIR), localizados no estacionamento do Shopping Barra, na Ladeira da Montanha, no Passeio Público e na Avenida Milton Santos, em Ondina.

Em cada um dos postos, o SERVVIR conta com uma equipe multiprofissional composta por representantes da Coordenação Especializada de Repressão aos Crimes de Intolerância e Discriminação (Coercid), do Departamento de Proteção à Mulher, Cidadania e Pessoas Vulnerabilizadas (DPMCV), além de outros servidores treinados pela Academia da Polícia (Acadepol). Todas essas unidades desenvolvem ações em rede com órgãos da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial.

Foto: Fernanda Maia

“A atuação do SERVVIR é de extrema importância, pois proporciona um ambiente seguro e inclusivo para aqueles que são vítimas de crimes de racismo, intolerância religiosa, LGBTfobia, pessoas com deficiência e crianças. Ao oferecer atendimento especializado e facilitar o registro das ocorrências, o SERVVIR contribui significativamente para a promoção de um Carnaval mais democrático e igualitário”, destaca a delegada Patrícia Barreto.

Foto: Fernanda Maia

B.O online

Durante o Carnaval, os postos do SERVVIR funcionam 24 horas, mas as vítimas de crimes de intolerância religiosa, racismo, LGBTfobia também podem registrar ocorrências através da Delegacia Virtual (Devir), acessando o site https://delegaciavirtual.sinesp.gov.br/portal. No portal é possível fazer o registro de mais de 15 tipos de ocorrências a partir de qualquer dispositivo conectado à internet. Para fazer o registro, o cidadão precisa ter cadastro em uma conta no portal do Governo Federal.


Source link

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo