Noticias Sul da Bahia

SAMU-192 qualifica profissionais para atender pessoas com deficiência auditiva em Itabuna

Os profissionais do SAMU-192 participarão de um treinamento da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) para que possam se comunicar nas emergências com pacientes com deficiência auditiva.

O curso, elaborado pelo Núcleo de Educação Permanente do SAMU-192 Itabuna Regional será ministrado pela professora Neusa Souza da Faculdade Afya de Medicina, entre os dias 15 e 22 deste mês, na Central de Regulação das Urgências (CRU).

A coordenadora do SAMU-192, Rafaela Caldas, explicou que o curso abrangerá questões direcionadas ao atendimento de urgência para que a comunicação seja efetiva e assertiva. Segundo ela, a unidade de atendimento de urgência trabalha permanentemente na qualificação dos servidores em todas as áreas, desde trauma a atendimento clínico em urgência.

“Capacitamos leigos em primeiros-socorros por ser um dos papeis sociais do Serviço de Atendimento de Urgência e Emergência e por estarmos engajados na aplicação da Lei Lucas para a Rede de Educação”, frisou a coordenadora.

Ela lembra que a Lei Lucas (Lei Federal (Lei nº 13.722) foi sancionada em outubro de 2018. Ela torna obrigatória a capacitação de professores e funcionários de escolas públicas e privadas, de ensino infantil e básico em primeiros-socorros.

“Quando pensamos na prestação de serviço de qualidade para atender as necessidades da população, principalmente nas emergências, nos preocupamos em qualificar a equipe de forma completa para garantir o cumprimento de nossa missão: levar assistência com inclusão e qualificação na prestação do serviço”, disse a coordenadora Rafaela Caldas.

Para reforçar a importância do Curso de Libras para profissionais do SAMU-192, Rafaela diz que esse treinamento visa tornar o profissional apto a interagir de maneira eficiente e natural com surdos, ampliando as possibilidades de comunicação profissional e interação social.
“Uma pessoa com deficiência auditiva pode se comunicar por meio da Língua Brasileira de Sinais e desenvolver integralmente suas possibilidades cognitivas, afetivas e emocionais, permitindo sua inclusão e integração na sociedade que é o que buscamos”, disse.

Atualmente, o SAMU-192 de Itabuna conta com 135 profissionais ativos que participam de outros tipos de cursos de aperfeiçoamento e capacitações durante todo o ano, fornecidos pela Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, na gestão do prefeito Augusto Castro (PSD).

 


Source link

Show More

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button