Noticias Brasil

Repatriados devem ser protegidos, diz embaixador da Palestina no Brasil

O embaixador da Palestina no Brasil, Ibrahim Al Zebem, afirmou à CNN que os brasileiros-palestinos repatriados que sofreram ameaças “têm o direito de serem protegidos”.
O diplomata acompanha com preocupação os relatos sobre as ameaças sofridas por Hassan Rabee, repatriado nesta semana.

“É uma questão judicial. Se [os repatriados] se sentem ameaçados, devem avisar a polícia. São cidadãos. Independente de serem brasileiros ou não, [eles] estão em solo brasileiro e têm o direito de serem protegidos”, disse Al Zebem.

Al Zebem afirmou que a Embaixada da Palestina no Brasil, por enquanto, não fará nenhum pedido formal ao governo por respeito à soberania nacional. Mas ressaltou que a diplomacia palestina está à disposição dos repatriados.

O Embaixador visitou os palestinos repatriados na terça-feirante (14), quando ainda estavam hospedados no Hotel de Trânsito, na Base Área, na capital federal.

Ameaças

O brasileiro-palestino Hasan Rabee, que ficou conhecido por mostrar em vídeos o conflito na Faixa de Gaza, solicitou ao Ministério da Justiça e Segurança Pública nesta sexta-feira (17) escolta policial para ele, a esposa e as duas filhas de três e anos.

A defesa de Hasan anexou no pedido as ameaças registradas em mensagens nas redes sociais. São mais de 200, segundo apurou a CNN.

A Secretaria Nacional de Justiça (Senajus), que coordena a operação de acolhimento pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, informou, por nota, que as denúncias serão encaminhadas à Polícia Federal.


Source link

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo