Noticias Sul da Bahia

Prefeitura apoia a realização da 15ª Parada da Diversidade em Itabuna

Se depender de cores, atrações musicais e da participação de conhecidos artistas no cenário regional e nacional, a Parada da Diversidade LGBTAPNA+ repetirá o mesmo sucesso das edições anteriores. A festa, que chega à 15ª edição, está confirmada para domingo, dia 29, a partir das 14 horas, nas avenidas Mário Padre e Aziz Maron.

A Prefeitura de Itabuna, que apoia a realização do evento, vai distribuir preservativos e gel íntimo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. Além disso, técnicos e enfermeiros do Centro de Referência em Prevenção, Assistência e Tratamento (CERPAT) estarão orientando os participantes da Parada da Diversidade sobre métodos de prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

A Secretaria de Transportes e Trânsito (SETTRAN) vai garantir a participação popular com a mobilização de viaturas e agentes de fiscalização e de trânsito para a festa, que terá concentração nas proximidades da Escola Interativa de onde sairão os animados grupos que percorrerão as avenidas, farão o contorno da Câmara de Vereadores e voltarão a se concentrar na Praça Hélio Lourenço, próximo ao Shopping Jequitibá.

Fundador do Grupo Humanus e um dos organizadores da parada da diversidade, José Dantas de Araújo, garante que a programação está bem diversificada e fará um grande diferencial. Dentre as atrações nacionais, estão a campeã das “Academias das Drags” Gysella Popovick e ainda Gaby Dias (cover de Ivete Sangalo) e Obertx (cover de Pablo Vittar).

Entre as atrações regionais estão as drags Brigitte Close, Jaqueline Sampaio e Sindel Blade, além dos DJs Jhoy Mendes, Jotta Alpin, Anderson Rocha e Scarlett Angel, e ainda o Trio Barritão que ajudará a agitar ainda mais o evento.

A expectativa é que a parada reúna mais de 10 mil pessoas durante sua realização; “É um evento aguardado com muita expectativa até porque há oito anos não acontece na cidade. Dentre os motivos está a pandemia do Covid-19 em 2020”, frisou Dantas.

Ele conta que muito mais do que um desfile, a Parada da Diversidade tem a missão de promover ações de prevenção contra as IST/HIV/AIDS e também de chamar a atenção dos jovens sobre o perigo de contrair a AIDS.

“A doença ainda mata se não houver tratamento adequado ou se for interrompido pelo portador. Então, promovemos uma caminhada de respeito onde a palavra de ordem é a prevenção”, ensinou Dantas.

Outro objetivo é chamar a atenção da sociedade sobre a homofobia e a lesbofobia, bem como protestar contra o elevado índice de assassinatos contra a população LGBT na Bahia, Espírito Santo e Ceará. Na maioria das vezes, os casos de homicídio e tentativas não foram solucionados, segundo Dantas.

Para concluir, ele diz que durante a Parada da Diversidade serão exibidas faixas e cartazes de protesto contra alguns congressistas que querem desfazer a decisão do STF que assegura o casamento entre pessoas do mesmo sexo, em 2011.

“Existem coisas mais importantes para serem debatidas pelo Congresso Nacional como o desemprego, a violência e o feminicídio. Mas, os congressistas estão se preocupando com a vida particular de cidadãos de bem e profissionais que lutam pela sobrevivência e por um Brasil melhor para todos” afirmou.

Legenda: Parada da Diversidade LGBT – Fotos arquivo


Source link

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo