Noticias Brasil

Moraes autoriza devolução de celular de réu do 8/1 que morreu na Papuda

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a devolução do celular de Cleriston Pereira da Cunha à sua família. A decisão, do ministro Alexandre de Moraes, foi publicada nesta quinta-feira (7).

Cleriston morreu em 20 de novembro no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, onde estava preso por participação nos atos criminosos do 8 de janeiro. O celular era usado na investigação pela PF.

“Defiro o pedido de restituição do aparelho de telefone celular da marca Xiaomi à defesa de Cleriston Pereira da Cunha por não interessar mais ao processo”, escreveu Moraes na decisão.

A defesa de Cleriston argumentava que, “com o falecimento do réu”, inexistiam motivos para custódia do bem.

Moraes também determinou que a Procuradoria-Geral da República se manifeste sobre a extinção da punibilidade do réu.

Em 24 de novembro, a CNN informou que o relatório da Defensoria Pública apontou que houve demora no socorro e falta de equipamento no atendimento. A Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal (Seap-DF), porém, diz que Cleriston Pereira da Cunha foi “atendido prontamente pela equipe da unidade básica de saúde prisional, que iniciou o atendimento imediato tão logo constatado o desmaio”.


Source link

Show More

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button