Noticias Brasil

Ídolo do São Paulo fala sobre gestão de Casares e comenta sobre SAF

Em entrevista ao CNN Esportes S/A deste domingo (21), Juninho Paulista, ex-jogador e campeão mundial pelo São Paulo, falou sobre a gestão do presidente Julio Casares e deu sua opinião sobre o clube adotar o modelo de SAF.

“O São Paulo veio com muitos problemas, então é difícil você ter uma gestão, com as suas ideias, uma gestão limpa tendo resquícios de passados, tendo muitos problemas para resolver […] eu não sei profundamente [sobre a gestão do Casares]. Olhando de fora, o Casares vem fazendo uma belíssima administração. Ele vem se preocupando também com o passado, deixando o clube mais saudável para futuramente, quem vier encontrar uma situação muito melhor do que ele encontrou. Então essa é a visão que eu tenho de fora”, comentou.

Mandato de Julio Casares

Julio Casares assumiu a presidência do São Paulo em janeiro de 2021, sucedendo o cargo de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Sem oposição e sendo candidato único, o presidente se reelegeu em dezembro do ano passado. Seu mandato tem duração até o fim de 2026.

Juninho Paulista, que conquistou seis títulos defendendo o Tricolor Paulista, também comentou sobre a mudança de estatuto do clube.

“Parece que o São Paulo mudou no estatuto dos seus dirigentes serem remunerados. Ele confirmou isso [Casares]. É o caminho, porque eu também não concordo com associações onde a pessoa dedica 2, 3 anos da sua vida, no caso do presidente e seus diretores estatutários, eles dedicam o tempo deles para essa associação. Nada mais justo do que ser remunerado. Eu acho que é uma maneira que, se não se transformar em SAF, que pelo menos no seu estatuto se transforme dessa maneira que o São Paulo se transformou, a pessoa que se dedica ela tem que ter responsabilidades, mas também tem que ter benefícios”, disse Juninho.

São Paulo SAF?

À CNN, o presidente do São Paulo revelou que a ideia do clube é se organizar e equilibrar as finanças ainda no modelo de associação. Além disso, Casares reforçou que a SAF não é prioridade, visto que o time procura um sistema em que possa usufruir de um investimento empresarial sem perder a hegemonia dentro da instituição.

“Eu acredito que a SAF tem que vir para melhorar o clube. Agora, se o clube é saudável e consegue ter os seus compromissos cumpridos dentro de uma associação, talvez não tenha essa necessidade de ser uma SAF de imediato, mas precisa ser profissionalizado”, finalizou o ex-jogador.

CNN Esportes S/A

Com a presença de Juninho Paulista, o CNN Esportes S/A chega à 44ª edição. Apresentado por João Vítor Xavier, o programa aborda os bastidores de um mercado que movimenta bilhões e é um dos mais lucrativos do mundo: o futebol. Em pauta, os assuntos mais quentes da indústria do mundo da bola, na perspectiva de economia e negócios. 

Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas


Source link

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo