Noticias Bahia

Hemoba promove Gincana do Bem para mobilizar doadores de sangue nas unidades de saúde

Foto: Camila Souza/GOVBA

Com o objetivo de mobilizar os profissionais de saúde dos hospitais e maternidades de Salvador para a doação de sangue, a Hemoba promove a “Gincana do Bem”, no período de 07 a 27 de novembro. Participam da ação os trabalhadores que compõem as equipes das principais unidades de saúde atendidas com hemocomponentes fornecidos pela Fundação. No ato de cadastro nos postos de coleta de sangue, o doador informará o código de identificação (numeração) da unidade para pontuar na Gincana. Ao final da campanha, será apurada a quantidade de candidatos à doação de cada unidade de saúde para declarar a vencedora. As três primeiras colocadas receberão uma placa em agradecimento pela participação.  

A Hemoba atende a demanda de hemocomponentes de mais de 300 unidades hospitalares da Rede SUS e conveniadas na Bahia. De janeiro a outubro deste ano, foram solicitados 143.223 componentes do sangue, uma média mensal de cerca de 14.000. A campanha pretende envolver as unidades de saúde a participarem da ação, apesar de já existirem projetos em alguns hospitais e maternidades da capital baiana que promovem a doação voluntária de sangue, como: Doador Amigo do HM (Código 0195 – Hospital da Mulher), Amigos do Martagão (Código 056 – Hospital Martagão Gesteira), Amigos do HGE (Código 0200 – Hospital Geral do Estado), Amigos do Roberto (Código 0106 – Hospital Roberto Santos), Amigos do Subúrbio (Código 0197 – Hospital do Subúrbio), Amigos do HAN (Código 0193 – Hospital Ana Nery), Amigos do Ernesto (Código 0215 – Hospital Ernesto Simões Filho), Hemohupes (Código 0174 – Hospital Universitário Professor Edgar Santos) e Clube do Coração (Código 0266 – Maternidade Magalhães Netto). 

“A ideia é trabalhar o sentimento de co-responsabilidade pela doação de sangue dentro das equipes de profissionais dos hospitais e maternidades e seus amigos e familiares. Além disso, intensificar a captação e formar novos doadores nas campanhas que acontecem nessas unidades ao longo do ano. Esta ação antecede as atividades da Semana Nacional do Doador de Sangue, que ocorrerá de 20 a 25 de novembro, e tem como objetivo também aumentar os estoques que atualmente estão em nível crítico para os grupos sanguíneos B e O”, declarou Társila Castro, assistente social responsável pelo projeto de captação intra-hospitalar da Fundação Hemoba.   

Unidades de atendimento

As unidades móveis de coleta da Hemoba funcionarão até sábado (11/11) no Salvador Shopping, das 8h às 17h, e no Hospital Universitário Professor Edgar Santos (HUPES) no mesmo horário até sexta-feira (10) e, de 8h às 12h, no dia 11. Confira os horários de atendimento das unidades fixas em Salvador: Hemocentro Coordenador (sede da Hemoba), de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 18h30, e aos sábados, das 7h30 às 16h30; Hospital do Subúrbio, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30; Hospital Ana Nery, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h30; Hospital Roberto Santos, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h; Hospital Santo Antônio (OSID), de segunda a sexta-feira, das 7h10 às 11h30 e das 13h às 16h. Para informações sobre os horários de atendimento das 21 unidades de coleta no interior do estado, consulte o site da Hemoba: http://hemoba.ba.gov.br/.  

Critérios para doação

Para doar sangue, o candidato tem que estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 kg e ter idade entre 16 e 69 anos. Lembrando que menores de 18 anos devem ir acompanhados dos pais ou responsável legal, e idosos acima de 60 anos só podem doar se já tiverem doado anteriormente. No dia da doação, o voluntário não pode estar em jejum, não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação e não ter fumado por pelo menos duas horas antes do procedimento, além de ter dormido por no mínimo seis horas na noite anterior. Também é recomendável que evite alimentos gordurosos nas últimas 4 horas anteriores ao procedimento. Doar sangue é um procedimento rápido, simples e seguro. Vale frisar que todo material utilizado para a coleta é descartável, evitando assim o risco de contaminação. Para doar, é necessária apresentação de um documento com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional. 

Fonte: Ascom/Hemoba

Source link

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo