Noticias Bahia

Estande de testagem na Micareta de Feira já realizou mais de 2 mil exames

Depois de desfilar com sua fantasia afro no Circuito Maneca Ferreira, Tamara Borges escolheu se prevenir antes de voltar pra a Micareta de Feira. Junto com duas amigas, deu uma passada no estande de Testagem Rápida da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). “Tá maravilhoso. Um bom atendimento, tudo feito muito rápido. (A testagem) É importante para as pessoas se prevenirem”, afirmou.

Desde a abertura da folia, na última quinta-feira (18), a estrutura montada na rua da antiga Norauto recebe foliões e também quem está trabalhando na micareta para a realização de testes de HIV, sífilis e hepatites virais. O estande segue funcionando das 14h deste domingo (21) até às 2h da segunda-feira (22), pelo menos.

Foto: Leonardo Rattes/Saúde

“A determinação do governador Jerônimo Rodrigues é que nossos profissionais atendam até o último folião que quiser se testar. Então, assim será”, garante a secretária da Saúde do Estado Roberta Santana. “É um trabalho de prevenção, de vigilância e educação também. Nossas equipes abordam os foliões explicando como é o funcionamento do estande e a importância da testagem”, complementa.

Ao todo, nos três dias de Micareta, 2.197 testes foram realizados, com sete testes positivos para HIV, 54 positivos para sífilis, além de outros três positivados para hepatite C e um para hepatite B. O tratamento para sífilis, por meio de aplicação de benzetacil, foi iniciado no estande por 13 pessoas. “As outras, a gente acolheu e realizou o encaminhamento para começar o tratamento depois da micareta”, explica Eleuzina Falcão, coordenadora de Doenças e Agravos Transmissíveis da Sesab. O início do tratamento imediato é de suma importância para quebrar o ciclo de transmissão das doenças.

Foto: Leonardo Rattes/Saúde

Ainda como ação de prevenção, mais de 312 mil camisinhas femininas e masculinas já foram distribuídas no estande de testagem e na iniciativa Camisinha Tá na Mão, realizada em parceria com a superintendência de Fomento ao Turismo (Sufotur), que distribui os preservativos em diversos pontos do circuito.

Ocorrências

Nos três primeiros dias da Micareta, foram registradas 14 ocorrências médicas nas unidades estaduais, sendo as vítimas provenientes da folia. Oito foram encaminhadas para a Unidade Estadual de Pronto Atendimento (UPA), cinco para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), e uma para o Hospital Estadual da Criança (HEC). Durante a festa, as unidades que fazem parte da rede estadual de saúde estão funcionando em esquema especial, garantindo que baianos e turistas possam curtir tranquilos.

Foto: Leonardo Rattes/Saúde

“Quase 500 mil pessoas já passaram pela Micareta de Feira nos três primeiros dias de folia, então é um número de ocorrências baixo. E isso se deve ao trabalho conjunto entre as secretarias do Governo do Estado. Esperamos que continue assim nesse último dia de folia”, pontua Roberta Santana.

O Governo da Bahia está investindo cerca de R$ 800 mil em ações de assistência, prevenção, vigilância e fiscalização da saúde durante os quatro dias de festa.  São 470 plantões, número 104% a mais que em 2023, além da ampliação na frota de ambulâncias – incluindo uma nova do tipo UTI – e reforço no estoque de medicamentos e insumos.

Foto: Ivan Dias Marques/ Saúde

No período da Micareta, o HGCA também conta com o Centro de Atendimento a Múltiplas Vítimas, que pode ser acionado em caso de desastres ou emergência para atender até 45 vítimas simultâneas.

Fonte: Ascom/Sesab


Source link

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo