Noticias Brasil

Com câncer terminal, ex-técnico da Inglaterra vai realizar sonho no Liverpool

Ex-técnico da seleção da Inglaterra, Sven-Göran Eriksson vai ser o treinador do time de lendas do Liverpool em uma partida beneficente, anunciou o clube nesta terça-feira.

Eriksson, que revelou publicamente seu diagnóstico de câncer terminal no mês passado, estará no banco de reservas ao lado de grandes nomes do Liverpool, como Ian Rush, John Barnes e John Aldridge, num amistoso contra as Lendas do Ajax.

A partida anual organizada pela LFC Foundation será realizada em 23 de março, no estádio de Anfield.

Eriksson revelou ter “cerca de um ano” de vida

“Estamos animados para receber calorosamente o torcedor do Liverpool Sven e sua família no Anfield e vê-lo no banco de reservas para uma fantástica ocasião de arrecadação de fundos”, escreveu o clube.

Aos 75 anos, melhor conhecido por seu período como técnico da Inglaterra — quando, inclusive, perdeu para a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002 —, revelou à rádio sueca P1 no começo do ano que tem câncer terminal e “cerca de um ano” de vida.

Sonho de treinar o Liverpool

Em entrevista recente ao site “Sky Sports”, Eriksson contou que ele e o pai são torcedores do Liverpool e que “sempre desejou” ser técnico do clube.

Após a notícia do diagnóstico de Eriksson, o atual técnico do Liverpool, Jürgen Klopp, convidou o sueco para Anfield depois que o treinador disse que nunca seria capaz de realizar seu sonho de treinar o Liverpool por conta do câncer terminal.

“Você está convidado do fundo dos nossos corações a vir aqui”, disse Klopp ao “Sky Sports”. “Você pode ficar com o meu escritório, você pode comandar um treino se quiser, não tem problema. Então aqui estamos, de braços abertos, venha e vamos passar algumas ótimas horas juntos”.

Treinador da “geração de ouro”

Eriksson foi o primeiro estrangeiro a treinar a Seleção Inglesa. Ele comandou o English Team nas Copas do Mundo de 2002 e 2006, além da Eurocopa 2004. Nas três ocasiões, o time caiu nas quartas de final, duas delas para Portugal nos pênaltis.

Aquele time, que era chamado de “geração de ouro” na Inglaterra, teve estrelas como David Beckham, Michael Owen, Steven Gerrard, Frank Lampard e Rio Ferdinand.

Eriksson ainda teve passagens por clubes da China, México e Filipinas em sua longa carreira, que durou mais de 40 anos.

Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas


Source link

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo