Noticias Brasil

Brasil avalia apresentar terceira lista para repatriação de Gaza

O Itamaraty analisa a possibilidade de apresentar uma terceira lista com pedidos para resgatar da Faixa de Gaza brasileiros e familiares palestinos, que foram impedidos de deixar a área conflagrada no sábado (9).

Segundo fontes diplomáticas, as negociações serão retomadas após o fim da repatriação do segundo grupo, que tem chegada prevista na Base Área de Brasília na madrugada desta segunda-feira (11).

Israel vetou 24 pessoas da lista de 102 nomes enviadas pelo Brasil para a repatriação – a autorização foi dada a 78 pessoas. Com a proibição a alguns parentes, 47 pessoas cruzaram a passagem de Rafah, na fronteira com o Egito, e decidiram ficar em Gaza com os parentes.

Segundo integrantes do Itamaraty, Israel não deu explicações para os vetos aos pedidos. Em nota, o governo brasileiro informou que aqueles que não tiveram autorização ficarão em Rafah aguardando uma nova chance de deixar Gaza.

O comerciante Hasan Rabee, que estava no primeiro grupo de repatriados de Gaza, que chegou em novembro, espera a chegada da mãe e de uma irmã. Uma segunda irmã não foi autorizada a sair. “Espero que haja uma terceira lista para trazer minha outra irmã e outras famílias que não conseguiram embarcar”, disse Rabee à CNN.

Dono de um restaurante em Salvador, Imad Ahmed Shaheen esperava receber a família, mas apenas a mãe, Basema Shaheen, foi autorizada a sair de Gaza. Ela desistiu da viagem para ficar ao lado do marido, Imad Ahmed Shaheen, de 55 anos, e do irmão Ibrahim Emad Ahmed Shaheen, de 17 anos. Os dois estão entre as 24 pessoas vetadas por Israel.

“Minha esperança é uma terceira lista”, disse Shaeen à CNN.

De acordo com o Itamaraty, dos 24 vetados por Israel, sete são pessoas com cidadania brasileira.

Das 47 pessoas que deixaram Gaza, 11 são binacionais brasileiro-palestinos e 36 palestinos. Além disso, há 27 menores de idade, 16 mulheres, incluindo duas idosas, e quatro homens adultos.

Neste domingo, uma jovem, que já estava no Cairo, se juntou ao grupo que saiu de Gaza. Com isso, 48 pessoas embarcaram da capital egípicia rumo ao Brasil.


Source link

Show More

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button