Noticias Bahia

1ª Feira Agroecológica da Bahia vai levar sabor e sustentabilidade para o Parque Costa Azul

A maior feira de agricultura familiar do país está de volta com novidades que prometem encantar, ainda mais, os visitantes. A 14ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária, que acontece no Parque Costa Azul, de 13 a 17 de dezembro, realiza a 1ª Feira Agroecológica da Bahia.

A Feira Agroecológica contará com uma variedade de produtos, desde frutas, verduras, hortaliças até itens agroindustrializados como café, cachaça e chocolate, todos certificados pelo Sistema Participativo de Garantia (SPG) do estado, credenciado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

A organização da Feira Agroecológica é da Rede de Agroecologia Povos da Mata, uma articulação dos produtores da agricultura familiar, assentados da reforma agrária, de comunidades indígenas e quilombolas, consumidores e técnicos. A Rede conta com o Organismo Participativo da Avaliação da Conformidade Orgânica (OPAC), que certifica a unidade produtiva agrícola e agroindustrial orgânica e os produtos de seus associados.

Paula Silva, secretária da Rede de Agroecologia Povos da Mata, destacou que a expectativa é grande. “É uma oportunidade ímpar de mostrar o trabalho que a Rede vem fazendo no estado da Bahia e mostrar para os empreendimentos da agricultura familiar que existe uma forma de a gente fazer a transição agroecológica no estado com a certificação participativa”.

Paula acrescenta que também será um momento de desmitificar o discurso de que o produto orgânico é um produto caro. “Os visitantes vão ver que os produtos têm um preço justo. Como a gente sempre diz: justo para quem produz e justo para quem compra. Não é o certificado que determina que aquele produto é mais caro e sim o controle social que a gente faz, a forma agroecológica de se fazer com os princípios agroecológicos mais determinados”.

Foto: Divulgação/CAR

Mais novidades

A Tenda Brasil é outra novidade da 14ª Feira. Em uma área de 528 metros quadrados os visitantes irão poder conhecer e adquirir produtos de empreendimentos da agricultura familiar e economia solidária de 24 estados brasileiros. A iniciativa é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e o Ministério de Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA).

Os visitantes podem conferir ainda os 27 Armazéns Territoriais com a comercialização de mais de três mil produtos de diversas regiões do estado. As comunidades quilombolas e os povos indígenas terão espaços dedicados para compartilhar suas culturas e tradições. Tem ainda Praça Gastronômica, shows gratuitos, coleta seletiva, ponto de arrecadação de alimentos para o Programa estadual Bahia sem Fome e muito mais.

O evento é realizado pelo Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), em parceria com a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes-Bahia), com o apoio do MDA e da Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem).

Fonte: Ascom/CAR


Source link

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo